Alguns mitos sobre relacionamentos

Casais felizes não discutem:
TODOS os casais discutem em algum momento. A diferença é na quantidade e na qualidade. O que eu quero dizer por qualidade da discussão é o quanto eles estão tentando consertar. Uma discussão construtiva faz com que o casal cresça junto e siga algo em que ambos concordam. Uma discussão tóxica não resulta em nada, e os parceiros, ao invés de tentarem consertar, tentam atingir um ao outro ou chegam a uma decisão que é injusta a uma das partes. Casais em bons relacionamentos tendem a discutir menos com o tempo, porque já entraram em acordo sobre vários assuntos.

Você tem que amar tudo o que seu parceiro faz:
Me desculpe, mas seu parceiro não é perfeito, e nem você. Haverão sempre algumas coisas pequenas (e lidáveis) que teremos que aprender a ignorar.

Não reclame do que você não gosta no começo do relacionamento:
O começo do relacionamento vai moldando como vai ser a dinâmica do casal. Vamos dizer que você não gosta que seu parceiro apareça no seu trabalho sem te avisar antes. Se você não reclamar nas primeiras vezes, ele vai achar que esse comportamento é aceitável e irá continuar fazendo, gerando mais frustração para você. Fale o que não gosta, de um jeito educado. É crítica construtiva.

Casais que são para dar certo simplesmente irão dar certo. Bons relacionamentos não dão trabalho.
Qualquer relacionamento requer pelo menos um pouco de esforço de ambos os lados. Deixar que ‘o destino’ cuide é uma furada. Entrar em um relacionamento é combinar todos os desejos e sonhos de ambas as partes, e obviamente, isso é bem complicado. Nada é perfeito, e nada vem sem esforço. Mas, claro, se o relacionamento estiver dando mais trabalho do que alegria, é necessário ver se o relacionamento vale a pena.

Casais felizes fazem muito sexo ou fazem pelo menos (insira número aqui) vezes
A frequência que um casal faz sexo depende da libido do casal, das circunstâncias e da oportunidade. Comparar a sua vida sexual com seus amigos não é uma boa forma de medir a sua satisfação sexual ou do seu parceiro. Caso esteja incomodado, converse com seu parceiro, não com pessoas fora da relação. Além disso, obviamente, a quantidade de vezes tende a diminuir com o tempo, já que o fator da novidade já desapareceu. No entanto, o que importa aqui não é a quantidade, e sim a QUALIDADE.

Um bebê vai solucionar todas as brigas do casal
Só se for porque eles estão cansados demais para brigar. Um bebê é uma grande responsabilidade, toma muito tempo (e dinheiro do casal). Satisfação dentro de um relacionamento quase sempre cai depois do nascimento do primeiro filho. Claro, ter um filho é muito bom (para os casais que desejam), mas se o casal está com problemas sem filhos, melhor resolvê-los antes de abrir a fábrica.

Casais felizes fazem tudo juntos
Você não é uma extensão do seu parceiro. Vocês são duas pessoas distintas, e justamente por terem alguns interesses diferentes que podem trocar experiências e assim se tornam interessantes. Atividades tanto juntos quanto separados são importantíssimas.

Paula Monteiro
Psicóloga clínica
psicologapaulamonteiro @ gmail.com
(21) 99742-7750

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s